Abril 15 2009

Muitos pensionistas, por imposição legal, algumas vezes da própria Segurança Social, são obrigados a abrir conta na C.G.D. (Caixa Geral dos Depósitos), para. através dela, poderem receber, alguns deles, miseráveis pensões.

Recentemente esta instituição bancária enviou a estes depositantes uma carta recheada de bons intenções e bons serviços (como se alguém que recebe 250 € de pensão estivesse interessado na prestação de outros serviços), informando-os de que, para continuarem a beneficiar do não pagamento da comissão de despesas de manutenção, deveriam ter, em cada trimestre, um saldo médio superior a 1.000 €  ou ter aplicações financeiras através dessa conta ou ter crédito de vencimento.

Quantos milhares de portugueses, depositantes da C.G.D., recebem pensões abaixo do limiar da pobreza?

Quantos milhares  de portugueses, idosos e indefesos, são submetidos a esta roubalheira tornada legal?

É necessário denunciar esta violência sobre a dignidade humana, cujo objectivo é o de gerar lucros e mais lucros para pagar os vencimentos milionários dos actuais administradores bancários.

E são estes os administradores de sucesso?

Tenham vergonha !!!

João de Oeiras

publicado por salfino às 14:46

mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
23
24
25

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO